FANDOM


Autor
Naoki Urasawa
Naoki Urasawa

Naoki Urasawa (浦沢直樹, Urasawa Naoki) é um mangaká (autor e desenhista de quadrinhos japoneses) nascido em 2 de Janeiro de 1960 em Tóquio, Japão. Ele é formado em Economia na Universidade Meisei.

Sua primeira obra como autor de mangá foi Return, em 1981. A partir daí começou sua carreira de sucesso com histórias conhecidas mundialmente. Seu trabalho se distingue de outros autores por contar histórias de personagens de efeito nas tramas, fazendo uso maestral do suspense e de referências históricas.

Suas histórias também são caracterizadas por utilizar frequentemente referências/tributos aos mangás de Osamu Tezuka - autor em quem Urasawa claramente se inspirou para se tornar um mangaká. Sua obra favorita de Osamu Tezuka é Hi no Tori.

Três das obras de Naoki Urasawa foram adaptadas para anime (animação japonesa) até o momento: Yawara!, Master Keaton e Monster. Sua obra mais popular atualmente, 20th Century Boys, foi adaptada para filme em 2008.

Urasawa já recebeu várias premiações por suas obras, entre elas o Shogakukan Manga Award (na categoria Melhor Mangá com Yawara! em 1990, Monster em 2001 e 20th Century Boys em 2003) e o Tezuka Osamu Cultural Prize (categoria Grande Prêmio com Monster em 1999 e Pluto em 2005). Também recebeu indicações para prêmios internacionais, como o Eisner Award (categorias Melhor Série Contínua e Melhor Edição Americana de Material Internacional com Monster).

Em 2007 ele foi o principal foco do programa Professional Shigoto no Ryuugi (Estilo de Trabalho Profissional) - uma série de documentários sobre mangakás produzida pela emissora de TV japonesa NHK. No dia 18 de Janeiro de 2007 foi ao ar o programa de número 38: Naoki Urasawa foi entrevistado e acompanhado em seu dia-a-dia no estúdio de mangá. No site oficial do programa há um resumo que pode ser acessado online.

Fã de Bob Dylan, Urasawa adora tocar música como hobby - ele faz parte de uma banda de rock onde é cantor e guitarrista. Urasawa lançou um single em 2008 chamado Tsuki ga Tottemo... (Exuberante Lua...). Já em 2009, lançou seu primeiro álbum: Half Century Man (Homem do Meio Século).


Trabalhos Editar

1983 - Beta!!

Considerado seu primeiro mangá profissional. Uma história fechada de apenas 8 páginas.

1986~1993 - Yawara!

Sua primeira história serializada oficialmente na revista Big Comic Spirits. Yawara é o nome da jovem estudante que só queria ter uma vida normal - o que é impossível com um avô que a treinou desde criança para se tornar uma campeã de judô. 29 volumes encadernados.

1986~1988 - Pineapple Army

Publicado pela Shogakukan, este mangá foi escrito por Kazuya Kudou e apenas desenhado por Naoki Urasawa. 10 volumes encadernados.

1987 - Dancing Policeman

Publicado pela Shogakukan. Mangá de volume único.

1988~1994 - Master Keaton

Após terminado o trabalho com Pineapple Army, mas ainda paralelo à Yawara!, Urasawa iniciou - em trablho conjunto com Hokusei Katsushika - a serialização de Master Keaton na revista Big Comic Original. O mangá conta a história de Keaton, que apesar de formado em arqueologia, acaba trabalhando como investigador em Londres. 18 volumes encadernados.

1988 - NASA

Publicado pela Shogakukan. Conta as aventuras de um trabalhador de meia-idade que almeja se tornar o primeiro astronauta do Japão. Também inclui uma coletânea de pequenas histórias. Volume único.

1993~1999 - Happy!

Urasawa começou a trabalhar neste título logo após finalizar Yawara!. A garota Miyuki vive satisfeita com sua família humilde, até que um dia todos descobrem uma dívida de milhões de Ienes feita pelo irmão mais velho de Miyuki, sendo assim, ela é motivada a perseguir seu sonho de ser uma jogadora profissional de tênis para ganhar a vida. 23 volumes encadernados.

1994 - Jigoro!

Publicado pela Shogakukan. Conta algumas histórias sobre Jigoro - o avô de Yawara - em seus tempos de jovem. Também inclui duas outras histórias pequenas e sem qualquer ligação com Yawara!. Volume único.

1994~2001 - Monster

Depois de finalizar Master Keaton e trabalhando simultâneamente com Happy!, Urasawa iniciou a sua obra mais famosa! Serializado na revista Big Comic Original, Monster é um mangá de suspense em 18 volumes. Já foi publicado em diversos países, incluindo Estados Unidos, Canadá, México e também Brasil (atualmente no volume 10 e ainda em andamento pela Editora Conrad). Em 2008, Monster foi relançado no Japão em formato Kanzenban (Edição Definitiva) com 9 volumes (cada livro corresponde a dois volumes do original).

1999~2006 - 20th Century Boys

Após o final de Happy!, enquanto ainda trabalhava com Monster, Urasawa iniciou 20th Century Boys serializado pela Big Comic Spirits. Para desvendar o mistério que gira em torno de um terrorista, Kenji precisa mergulhar em suas memórias do passado. Com 22 volumes encadernados, a história foi finalizada com mais 2 volumes entitulados 21st Century Boys.

2003~2009 - Pluto

Foi serializado na Big Comic Original. A história de Pluto se passa no mesmo universo criado por Osamu Tezuka em Tetsuwan Atom (Astro Boy), inclusive, ainda há várias referências à outros trabalhos de Tezuka em meio a história de Pluto: Gesicht é um detetive da Europol que tenta decifrar uma onda de assassinatos. Conta com 8 volumes encadernados.

2008~... - Billy Bat

A obra mais recente de Naoki Urasawa fala sobre, irônicamente, um desenhista de quadrinhos que vive conflitos na época logo após a Segunda Guerra Mundial. Iniciou sua serialização em Outubro de 2008.


Premiações Editar

1982 - Shogakukan Manga Award: Artista Revelação
1990 - Shogakukan Manga Award: Yawara! (Melhor Mangá)
1997 - Japan Media Arts Festival: Monster (Premiação em Excelência)
1999 - Tezuka Osamu Cultural Prize: Monster (Grande Prêmio)
2001 - Shogakukan Manga Award: Monster (Melhor Mangá)
2001 - Kodansha Manga Award: 20th Century Boys (Melhor Mangá)
2002 - Japan Media Arts Festival: 20th Century Boys (Premiação em Excelência)
2003 - Shogakukan Manga Award: 20th Century Boys (Melhor Mangá)
2004 - Angoulême International Comics Festival Prize: 20th Century Boys (Melhor Série)
2005 - Tezuka Osamu Cultural Prize: Pluto (Grande Prêmio)
2005 - Japan Media Arts Festival: Pluto (Premiação em Excelência)


Referências Editar

Naoki Urasawa - Wikipedia